Vibra fornecerá diesel renovável para testes em ônibus de Curitiba

Segundo a empresa, o novo combustível reduz em até 70% as emissões de gases de efeito estufa

A Vibra será a responsável pelo fornecimento de 120 mil litros do novo Diesel R5 (com 5% de conteúdo renovável) para três linhas de ônibus operadas pela Auto Viação Redentor, em Curitiba, no Paraná. Os veículos rodarão com o novo combustível pelos próximos seis meses.

De acordo com a Vibra, o objetivo da introdução do diesel renovável em frotas de ônibus urbanos é avaliar impactos em desempenho e emissões dos veículos, além de permitir avaliar aspectos de produção, logística, distribuição e comercialização.

Além de suprir os ônibus com o novo combustível, a Vibra também arcará com a medição on board nos veículos, análises físicoquímicas, locação de dois skids e tanque para armazenagem e com a operação de transferência rodoviária entre a Refinaria Getúlio Vargas e a base em Araucária, onde o diesel ficará armazenado. O investimento total para a execução de todas essas etapas do projeto é de R$ 1,2 milhão.

O novo Diesel R5 é produzido a partir do coprocessamento de óleos vegetais ou gordura animal com óleo diesel mineral. O combustível sai misturado da refinaria com 95% de diesel mineral e 5 % de diesel renovável, também chamado de diesel verde. A Vibra fará a adição obrigatória de 10% de biodiesel éster e entregará o produto final ao cliente com 15% de conteúdo renovável. Estudos preliminares apontam que o diesel renovável reduz cerca de 70 % das emissões de gases de efeito estufa em comparação ao diesel mineral (derivado do petróleo).

“Esta é mais uma iniciativa que comprova nosso empenho em liderar a transição energética no Brasil, nesta jornada rumo à economia de baixo carbono. Com isso, reforçamos nosso comprometimento com a agenda ESG, de criação de valor para a sociedade, para os nossos investidores e, especialmente, para nossos clientes”, afirma Marcelo Bragança, diretor de operações, logística e sourcing da Vibra.

Como o volume de diesel produzido será superior ao necessário para os testes, a Vibra poderá realizar projetos-piloto com outros clientes do segmento corporativo. Além disso, terá direito a veicular sua marca nos ônibus da Viação Redentor enquanto durarem os testes em Curitiba. Também participam como parceiros no projeto a Petrobras, Mercedez-Benz e Bosch.

Por