ZF anuncia projeto para produção de células de combustível para ônibus

O projeto HyFleet tem prazo de três anos e visa desenhar e testar uma célula de combustível para ônibus totalmente movidos a eletricidade

Em cooperação com a Freudenberg, Flixbus e a ONG do clima Atmosfair, a ZF está participando de um projeto de tecnologia de célula de combustível. O objetivo do projeto HyFleet é desenvolver e testar um ônibus movido exclusivamente a eletricidade. Com prazo previsto de três anos, a iniciativa busca construir o design ideal de células de combustível em ônibus.

“O amplo portfólio de tecnologia da ZF e o conhecimento da linha de transmissões eletrificadas, bem como os sistemas associados, já estão facilitando a transição dos fabricantes de veículos para a e-mobilidade. No futuro, a célula de combustível terá um papel importante na mobilidade elétrica de veículos comerciais pesados devido ao seu alcance e tempos de reabastecimento rápidos,” disse Wilhelm Rehm, membro do Board Mundial da ZF, responsável por tecnologia de veículos comerciais e sistemas de controle.

“Sempre buscamos a eletrificação com uma abordagem de mente aberta para a tecnologia – a célula de combustível também desempenhou um papel importante como uma solução na direção para nós desde o início”.

“A Freudenberg contribuirá para o projeto com suas décadas de experiência em células de combustível em nível de componente e sistema” explica Claus Möhlenkamp, CEO da Freudenberg Sealing Technologies. “Queremos aumentar significativamente a durabilidade e a eficiência da tecnologia e, assim, definir padrões para o custo total de propriedade.”

O estudo da viabilidade tornará mais fácil no futuro projetar uma célula de combustível adequada para veículos comerciais, o que envolve o dimensionamento da bateria e da célula de combustível, o conceito de refrigeração do sistema e os picos de carga a serem considerados na operação do sistema de acionamento.

Neste contexto, a ZF está contribuindo com sua experiência para a condução de veículos comerciais puramente elétricos – incluindo potência eletrônica e controle baseado em software de todos os consumidores de energia. A parceria também se beneficia do conhecimento do Grupo ZF em vários projetos de mobilidade eletrônica em série para veículos comerciais. O ministério federal dos transportes e infraestrutura digital da Alemanha já forneceu uma carta de intenção não vinculativa para financiar o projeto.

O consórcio é gerenciado pela “Freudenberg Fuel Cell e-Power Systems GmbH”, uma subsidiaria Freudenberg Sealing Technologies; outros parceiros são provedores da mobilidade Flixbus e a Atmosfair. Além da eficiência da energia da célula de combustível, o projeto também irá incluir características de direção e manuseio, por exemplo, em reabastecimento de hidrogênio.

Em complemento ao projeto HyFleet, a ZF e Freudenberg estão investigando outras aplicações para o desenvolvimento da solução de célula de combustível para a mobilidade e para uso industrial.

Por