Bosch inaugura fábrica de semicondutores na Alemanha

As máquinas e processos integrados e totalmente conectados, combinados com métodos de inteligência artificial (IA), farão dessa unidade uma fábrica inteligente e pioneira na indústria 4.0

A Bosch inaugurou uma das fábricas de semicondutores mais modernas do mundo em Dresden (Alemanha), totalmente orientada por dados e auto-otimizada. Segundo a fabricante, as máquinas e processos integrados e totalmente conectados, combinados com métodos de inteligência artificial (IA), farão dessa unidade uma fábrica inteligente e pioneira na indústria 4.0.

 “A tecnologia de ponta apresentada na nova fábrica de semicondutores em Dresden é um ótimo exemplo do que os setores públicos e privados podem alcançar quando unem suas forças. Os semicondutores irão contribuir para o desenvolvimento de indústrias como a de transporte, manufatura, energia limpa e da saúde – onde a Europa se destaca. Isso contribuirá para fortalecer a competitividade europeia como um berço para inovações de ponta”, disse Margrethe Vestager, vice-presidente da comissão da União Europeia.

A produção em Dresden começará em julho, seis meses antes do planejado. A partir de então, os semicondutores fabricados na nova fábrica serão instalados em ferramentas elétricas da Bosch. Para clientes automotivos, a produção de chips começará em setembro. 

A nova fábrica será uma parte importante da rede de fabricação de semicondutores e, com isso, a Bosch está fortalecendo a posição da Alemanha como um centro de tecnologia e negócios. “A nova fábrica é boa para a Europa, para a Alemanha e para a Saxônia. Direta e indiretamente, significa muitos novos empregos em uma indústria em pleno desenvolvimento. Este investimento de bilhões de euros fortalece a Silicon Saxony e toda a indústria europeia de semicondutores”, disse Michael Kretschmer, governador da Saxônia.

Em 72 mil metros quadrados de área útil, 250 pessoas já trabalham na fábrica de semicondutores, número que deve aumentar para cerca de 700, quando as obras forem concluídas.

Desde 1958, a Bosch fabrica seus próprios semicondutores e, desde 1970, a fábrica de Reutlingen produz componentes especiais que não estão disponíveis comercialmente. Somente em suas fábricas de semicondutores em Reutlingen e Dresden, a Bosch investiu mais de 2,5 bilhões de euros, desde que a tecnologia de 200 milímetros foi aplicada em 2010. Além disso, bilhões de euros foram investidos para a evolução da microeletrônica.

Desta forma, a empresa continua a perseguir sua estratégia de crescimento no desenvolvimento e fabricação de semicondutores. “Essa experiência é a chave para muitas soluções de sistemas de alta qualidade feitas pela Bosch”, disse Volkmar Denner, CEO da Bosch.

Por