Praxio e UBus anunciam parceria

O serviço de transporte sob demanda da plataforma pode ser disponibilizado apenas por empresas que possuem concessão de transportes e regulamentação

A Praxio se tornou a representante da UBus no Brasil, uma plataforma de transporte sob demanda, lançada durante o Congresso Brasileiro de Mobilidade Urbana 2019 (Arena ANTP).  O serviço, que foi inicialmente implementado no Corredor ABD da Metra, permite que as passagens sejam compradas previamente e os assentos sejam escolhidos e reservados por meio de aplicativo. A proposta é que o modal seja complementar às linhas regulares e possa ser contratado somente pelas empresas regulamentadas.

“A UBus abre uma oportunidade para que os empresários do setor inovem e passem a oferecer ao usuário a oportunidade de planejar a sua viagem. É necessário flexibilizar o negócio e atrair mais passageiros para o transporte coletivo. Hoje, de 30% a 35% das linhas regulares são deficitárias, mas o concessionário precisa atender. Com a plataforma, é possível dispor de veículos menores, de acordo com a demanda”, pontua Milena Romano, vice-presidente da UBus e diretora da BR7 Mobilidade.

Milena Romano destaca que o sistema tradicional não vai ser prejudicado. “O transporte de linhas troncais não vai desaparecer, pois é necessário. A ideia é usar veículos mais adequados para fazer o last mile e o first mile, atuando de forma complementar ao transporte regular. Precisamos resgatar os passageiros que saíram do transporte público para o individual, por aplicativo ou não. E oferecer um modal mais confortável e seguro vai contribuir para isso”, comenta.

O operador tem maior controle das viagens, rotas percorridas e valores arrecadados, com acesso a informações de GPS em tempo real, como localização do motorista e os dados da viagem. Para o usuário, além da facilidade de contratar o serviço com antecedência, as viagens se tornam mais rápidas, pois as paradas acontecem apenas para embarque e desembarque. O aplicativo permite o pagamento por meio de cartões de crédito e pela bilhetagem eletrônica.

Valmir Colodrão, CEO da Praxio, explica que a UBus está integrada aos produtos do portfólio da empresa.  “A UBus irá cuidar da área de tecnologia e do desenvolvimentos das funcionalidades da plataforma. A Praxio será responsável pelo contato com o mercado. Vamos mostrar aos operadores as vantagens do serviço”, informa. O transporte sob demanda já começa a ser previsto nos contratos de concessão do transporte público, como já ocorre em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista.

Por