Expresso Princesa dos Campos compra seis ônibus da Busscar

Para a compra de seis ônibus Busscar Vissta Buss 400 LD com chassi Volvo B420 R 6×2, a empresa investiu R$ 6 milhões, e a previsão é que os novos modelos rodoviários sejam entregues até outubro de 2021

Sonia Moraes

A Expresso Princesa dos Campos (EPC), empresa paranaense de transportes de passageiros e encomendas, comprou seis ônibus Busscar Vissta Buss 400 LD com chassi Volvo B420 R 6×2. Os veículos possuem 14 metros de comprimento e são da categoria Executivo, com 44 lugares.

Os novos ônibus serão destinados à operação da Cantelle Viagens e Turismo, que atua em Minas Gerais, Bahia, Distrito Federal, Paraná, São Paulo, Santa Catarina, Goiás e Rio Grande do Sul. A Cantelle conta atualmente com uma frota de oito veículos, sendo que seis deles serão substituídos após a compra. A previsão é que os novos ônibus rodoviários sejam entregues até outubro deste ano.

Os ônibus têm vidros colados com insulfilm de proteção UV, estão equipados com ar-condicionado, internet 4G wi-fi, sistema de áudio e vídeo, interfone para comunicação com o motorista e câmera de monitoramento interno.

O chassi, com motor de seis cilindros e 410 cavalos de potência, tem controle eletrônico de estabilidade (ESP), de frenagem (EBS), de travamento dos freios (ABS), de tração (ASR), auxílio de arrancada em rampas e suspensão pneumática controlada eletronicamente.

Para os passageiros, será disponibilizado maior conforto. “Mudamos o nosso modelo de streaming, agora dá para o viajante assistir pelo próprio celular. É uma tecnologia que está sendo atualizada, é mais moderna e mais ágil. Estamos migrando”, disse Gilson Barreto CEO da EPC. Assim, sem gastar a internet do celular, os passageiros podem assistir a filmes, vídeos e acessar as redes sociais, por meio de um pacote de entretenimento. A tecnologia estará disponível na frota nova.

A Expresso Princesa dos Campos tem cerca de 250 ônibus, transporta em torno de 140 mil passageiros por mês e todo ano renova 10% de seus veículos. Nos novos ônibus rodoviários a empresa investiu R$ 6 milhões, montante que faz parte do investimento total de R$ 11,5 milhões que está sendo aplicado em toda a companhia neste ano, o que inclui R$ 3 milhões na compra de oito caminhões VW Delivery com baú da Facchini e mais R$ 2 milhões em adequação de infraestrutura, como a reforma de terminais físicos de encomendas do grupo, e em tecnologias, como rastreamento de frota, sistema de controle e aplicativos.

O CEO da empresa comentou que, depois de enfrentar um momento difícil com o fechamento das cidades e ter 100% da frota de ônibus paralisada por cinco dias durante a pandemia da Covid-19, o que nunca havia acontecido ao longo de 87 anos, o pior já passou. “Conseguimos sobreviver e estamos muito melhor hoje do que quando começou a pandemia. Conseguimos adequar e ajustar a nossa operação para a demanda atual e hoje vivemos um dia por vez.”

Além do serviço de fretamento, que teve um crescimento significativo, a Expresso Princesa dos Campos começou a perceber uma pequena reação nas viagens intermunicipais e interestaduais. Estamos vendo a circulação das pessoas voltar ainda de forma tímida”, comentou Barreto.

O executivo afirmou que tem feito diariamente o mapeando das demandas e de acordo com o crescimento vai colocando mais ônibus em operação e ampliando o horário. “Temos flexibilidade para colocar ônibus rodando em mais horários e isso ajuda tanto a população quanto a empresa.” 

Por