Marcopolo Viaggio 1050 elétrico começa a circular no Rio Grande do Sul

Ônibus foi entregue à Turis Silva para o fretamento de colaboradores da produtora de aço Gerdau em sua unidade localizada no município de Charqueadas

Entra em operação o primeiro ônibus rodoviário totalmente elétrico do Rio Grande do Sul, um Marcopolo Viaggio 1050, com chassi da BYD D9A 20.410. A iniciativa é resultado da parceria entre Marcopolo, BYD, EDP Smart, divisão que reúne o portfólio de soluções em energia da EDP (empresa do setor elétrico), e a Turis Silva, que atua no transporte de fretamento na Grande Porto Alegre.

“A mobilidade elétrica é estratégica para o crescimento dos negócios da Marcopolo, uma vez que a adoção de veículos com tecnologia limpa é uma tendência global”, afirma Leandro Sodré, gerente nacional de vendas da Marcopolo.

A EDP Smart, divisão que reúne o portfólio de soluções em energia da EDP, ficará responsável pelo modelo de negócio para ônibus elétrico, realizando o fornecimento da infraestrutura de recarga para o veículo. O veículo será usado pela Turis Silva para o fretamento de colaboradores da produtora de aço Gerdau em sua unidade localizada no município de Charqueadas.

“Queremos construir, em parceria com nossa cadeia de fornecimento, um futuro mais sustentável, e contribuir com o desenvolvimento da mobilidade urbana a partir da adoção produtos e soluções inovadoras”, afirma Vinicius Moura, gerente geral de suprimentos da Gerdau.

O Viaggio 1050 elétrico possui 12,9 mil mm de comprimento e capacidade para 44 passageiros em poltronas executiva, além do motorista. O veículo conta com seis packs de bateria, que garantem autonomia de 300 quilômetros, transmissão automática, que proporciona mais conforto e segurança para o motorista e ocupantes, além de sistema de ar-condicionado, total acessibilidade e tomadas USB em todas as poltronas.

Além do novo modelo rodoviário, 33 veículos elétricos da Marcopolo, incluindo os micro-ônibus Volare, circulam no país, em São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Pará, Ceará, Paraná e Distrito Federal.

Por