Salvador receberá cinco ônibus elétricos BYD que circularão durante a obra do VLT do Subúrbio

A fornecedora dos modelos elétricos integra a Skyrail Bahia, Sociedade de Propósito Específico (SPE) estabelecida por meio de uma Parceria Público-Privada, que será responsável pela construção e operação do VLT em Salvador

Salvador recebeu dois ônibus 100% elétricos BYD, de um total de cinco, que integrarão o transporte no trecho entre Mapele/Ilha de São João e terminal Pirajá. Os veículos serão operados pela Expresso Metropolitano a serviço do governo da Bahia e vão atender à demanda da população facilitando a mobilidade durante o período de obras.

Os novos ônibus são acessíveis, possuem ar-condicionado e têm capacidade para transportar 33 pessoas sentadas e 41 em pé. O diretor da divisão de ônibus da BYD Brasil, Marcello Von Schneider, destaca o conforto proporcionado pelos ônibus elétricos para a população. “O passageiro vai ter à disposição um ônibus novo, refrigerado, muito silencioso e com baixa trepidação”.

Movidos a bateria de fosfato ferro-lítio, os veículos elétricos possuem 250 quilômetros de autonomia. A recarga total se dá num período de três a quatro horas. Segundo a fabricante, os modelos são econômicos, tendo custo operacional 70% menor que um ônibus a diesel convencional, além de utilizar um número reduzido de peças, o que reduzia a necessidade de manutenção, proporcionando maior disponibilidade do veículo em comparação ao convencional à combustão.

Tecnologia limpa

A BYD integra a Metrogreen Skyrail Concessionária da Bahia S.A. (Skyrail Bahia), Sociedade de Propósito Específico (SPE) estabelecida por meio de uma Parceria Público-Privada (PPP) que será responsável pela construção e operação do VLT do Subúrbio.

O modal elétrico vai substituir os trens do Subúrbio, no transporte de 172 mil passageiros por dia. O VLT irá ligar a região metropolitana (Ilha de São João, em Simões Filho) e o subúrbio ferroviário com o miolo de Salvador (até a estação Acesso Norte) e o comércio, em apenas 45 minutos, onde será possível fazer a integração com outros modais como metrô e ônibus.

Para o diretor técnico da Skyrail Bahia, Alexandre Barbosa, os moradores da região já vão sentir a mudança na qualidade do transporte público. “Esses veículos são bastante confortáveis, totalmente sustentáveis e representam o início da transformação da mobilidade na região. Mais adiante, com o VLT em operação, as pessoas mudarão totalmente a forma de se locomover no Subúrbio”, resume.

Por