Agrale renova linha de caminhões

A Agrale lançou sua linha 2016 com soluções para atender às tendências e necessidades dos usuários de caminhões leves, ampliando a oferta de produtos nessa faixa do mercado. São três novos modelos – A7500, A8700 e A10000 – configurados com diversos itens como equipamentos de série e uma nova cabine que é destacada como o principal diferencial dos novos modelos: mais moderna, funcional e leve.

Para Edson Ares Sixto Martins, diretor comercial da Agrale, os novos caminhões complementam a família de veículos leves e médios da marca, que já dispunha de uma funcional cabine estendida, mas que agora passa a contar também com a opção de cabine totalmente metálica. Com a nova linha, a montadora quer ampliar sua presença também na oferta de modelos na versão VUC (A7500 e A8700). Os veículos saem de fábrica com ar-condicionado, vidro e travas elétricas, piloto automático e acelerador manual, rádio AM/FM com leitor de CD, entradas USB e cartão SD e dois alto falantes.

Entre as vantagens da nova cabine em chapa estampada estão maior visibilidade e facilidade de acesso. O design é moderno, com conjunto ótico integrado para dar um visual mais arrojado e facilitar a manutenção. A nova cabine foi desenhada para permitir fácil alcance a itens como os reservatórios de água do radiador, de óleo, de fluido da direção hidráulica, do sistema de freio e compressor do ar-condicionado, além de filtros de ar e de óleo.

O espaço interno permite bom posicionamento de instrumentos e controles no módulo central, além de sistema de ar- condicionado eficiente, com ventilação em seis saídas de ar. O painel de instrumentos ganhou inovações na grafia, iluminação e mostrador digital para facilitar a visualização de dados pelo motorista. Todos os modelos oferecem tacógrafo digital e piloto automático de série.

O sistema de basculamento, muito leve e fácil, é outro diferencial da cabine, assim como seu reduzido nível de ruído interno e a ampla visibilidade. Os novos modelos têm grande área envidraçada e sete espelhos, sendo dois de rampa (um frontal e outro na lateral direita), dois bifocais (abaixo do retrovisor padrão), além dos retrovisores normais e do vidro vigia traseiro de série.

O maior ângulo de abertura das portas, pega-mão no painel e estribo também foram pensados para facilitar o embarque/desembarque com conforto. O volante/coluna de direção tem ajustes de altura, inclinação e profundidade.

Outro relevante apelo da linha A é a possibilidade de os modelos saírem de fábrica prontos para o trabalho, já implementados com carroceria aberta, baú padrão ou, para as versões A7500 e A8700, baú VUC, além da tradicional configuração chassi cabine. Segundo informações da Agrale, os implementos podem ser financiados por intermédio do Finame, juntamente com o veículo. O novo caminhão Agrale A7500, que agora é considerado o de menor PBT da montadora, é equipado com motor ISF Cummins 3.8 de 152 cv de potência (2.600 rpm) e 443 Nm de torque (1.100-1.900 rpm) e câmbio mecânico Eaton FSO 4505C, de cinco marchas. Com distância entre-eixos de 3.860 mm, oferece 4.560 kg de carga útil mais carroceria.

O modelo Agrale A8700 possui motor Cummins ISF 3.8 de 162 cv de potência (2.600 rpm) e 600 Nm de torque (1.300- 1.700 rpm) e câmbio mecânico Eaton FSO 4505C, de cinco marchas. Tem distância entre-eixos de 3.500 mm e 4.200 mm, com 5.630 kg e 5.590 kg, respectivamente, de carga útil mais carroceria.

O Agrale A10000 é oferecido com motor Cummins ISF 3.8 de 162 cv de potência (2.600 rpm) e 600 Nm de torque (1.300- 1.700 rpm), câmbio Eaton FSO 4505C e freio “S Cam” com acionamento pneumático. O modelo está disponível em duas opções de distância entre-eixos, com 3.750 mm e 4.350 mm, e oferece carga útil de 5.740 kg e 5.695 Kg (carga + carroceria), respectivamente.

 

Veja também

Por